Como economia de energia nos prédios e condomínios

Com a maior movimentação nos condomínios durante o verão, estima-se o aumento nas contas de energia elétrica. Porém, esse quadro pode ser revertido e, para provar, resolvemos trazer, na matéria de hoje, dicas de economia de energia nos prédios. Continue lendo e confira!

Economizar é sempre bom, e nos edifícios não poderia ser diferente. Embora muitas pessoas achem que não, é possível, sim, economizar muita energia, através de atitudes e mudanças simples, que podem ser aplicadas nas mais diversas áreas do condomínio. Veja como:

 

Áreas comuns

 

  • Sempre que possível, utilize a iluminação natural, abrindo janelas, cortinas e persianas, em locais como hall social e salões de festa e de jogos;
  • Substitua as lâmpadas pelas de LED, que consomem até 50% a menos, compensando, em poucos meses, o investimento inicial necessário. Além disso, elas duram muito mais;
  • Os sensores de presença são recomendados para as áreas de circulação, evitando que as luzes fiquem acesas o tempo todo;
  • Locais desocupados devem ser mantidos com as luzes apagadas (exceto em situações especiais, por medidas de segurança). Instrua os funcionários a sobre isso;
  • Limpe regularmente paredes, janelas, pisos, luminárias e lâmpadas. A sujeira acumulada impede o reflexo da luz, reduzindo a iluminação.

 

Áreas externas

 

  • Em áreas de jardins e halls, utilize lâmpadas fluorescentes compactas ou halógenas, para obter melhor reprodução de cores. Para o controle, utilize relés fotoelétricos, tendo o acionamento (acendimentos e desligamentos) ocorrendo automaticamente, ao anoitecer e ao amanhecer.

 

Garagens

 

  • Dê preferência para a iluminação das áreas de circulação, ao invés dos locais onde ficam as vagas;
  • A iluminação desses espaços é melhor quando feita em interruptores individuais ou de pequenos grupos, e não de todas as lâmpadas ou um grupo grande.

 

Elevadores

 

  • Evite usar o aparelho à toa. Levando, também, benefícios para a sua saúde, utilize as escadas para subir ou descer até dois andares;
  • Se o seu prédio tem mais de um elevador, estude a possibilidade de desligar diariamente, de maneira alternada, um deles, em horários de menor utilização, por exemplo.

Esperamos que com as sugestões que trouxemos nesse post fique mais fácil economizar nas contas de energia elétrica do seu condomínio. Converse com seus vizinhos sobre o assunto, compartilhe essa matéria, teste algumas medidas e volte para contar para a gente os resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *