Prédio sem porteiro: portaria remota é segura?

Atualmente, condomínios são alvos constantes de assaltos. Isto não só preocupa moradores mas também os síndicos, maiores responsáveis pela segurança do condomínio.

A tecnologia veio para ajudar na prevenção dessas situações indesejadas de intrusos, com a utilização dos prédios sem porteiro que adotam o serviço de portaria remota.

A implantação da portaria remota tem seu foco na segurança e redução de custos. Saiba neste post  os benefícios que ela traz para todos.

 

É necessário usar a portaria remota?

Primeiramente, você precisa identificar as necessidades do condomínio. Como bom gestor, isso não será uma tarefa difícil.

Se o gasto com a folha de pagamentos estiver muito alto, optar por  um prédio sem porteiro, com portarias virtuais e eletrônicas pode ser uma boa alternativa. Empresas que prestam esse tipo de serviço, orientam o quanto isso pode ser benéfico em relação à redução das despesas.

Em alguns condomínios, esse valor pode cair pela metade se o sistema automatizado for implantado. Se o prédio tiver pelo menos 3 porteiros, para que funcione durante 24 horas por dia, o alto custo da folha salarial já compensa a troca pela portaria remota.

A segurança é um  fator preponderante na portaria remota, esse sistema composto pelo monitoramento do local e registro de todas as atividades da portaria gera um custo menor na taxa do condomínio, além de manter os dados dos acontecimentos armazenados na nuvem.

 

Como funciona o prédio sem porteiro?

O sistema de controle de acesso, bem como de segurança, é todo feito de forma remota através de uma Central que monitora a movimentação dos moradores, visitantes, funcionários e terceirizados que entram e saem de toda a área do condomínio.

Todos os acessos e saídas são registrados de forma digital, fazendo com que o controle seja total e eficiente.

As imagens também são gravadas e armazenadas. Além disso, é realizado um registro para identificação individual e acesso por biometria.

Por conta desse nível de controle, são praticamente nulas as tentativas de ações ilícitas nas áreas do condomínio, pois a prática do delito é facilmente identificada.

Ao menor sinal de problemas, uma equipe policial se desloca para o local imediatamente e outros órgãos de segurança, como o Corpo de Bombeiros, também podem ser acionados, caso necessário.

 

Quais os benefícios da portaria remota?

Esta tendência aponta inúmeros benefícios. Além da redução de custos e do passivo trabalhista, o sistema de segurança eletrônico traz maior tranquilidade aos moradores.

Acessado da Central, é possível a verificação simultânea, de vários pontos do condomínio, inibindo consideravelmente a aparição de qualquer pessoa com más intenções.

É evidente que há também uma proteção ao porteiro que antes estava à mercê de assaltantes quando ficava à frente da portaria, principalmente na madrugada. A possibilidade de rendição de algum profissional diminui consideravelmente com a portaria virtual.

Conhecendo um pouco mais sobre essa tendência do prédio sem porteiro, você pode levar a novidade para a reunião com os moradores e deixá-los por dentro do que a tecnologia pode fazer para melhorar a segurança de todos!

 Fonte: Condlink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *