Segurança do condomínio no período de fim de ano e férias

A preocupação com a segurança nunca é demais, especialmente no fim de ano, quando a cidade fica mais cheia de turistas e o fluxo de pessoas é maior. Com os visitantes que chegam para aproveitar dos encantos do litoral, vêm também os que têm outros objetivos, como infringir regras e leis.

Por isso, estar atento às normas de segurança dos condomínios é fundamental, especialmente nessa época do ano, para evitar que imprevistos aconteçam. Procurando te ajudar a ter um período de festas mais tranquilo e divertido, separamos algumas dicas de segurança que não podem ser esquecidas. Confira!

–  O maior responsável pela segurança do seu apartamento são os moradores dele. Por isso, evite dar muitos detalhes a desconhecidos sobre o seu dia a dia ou viagens de férias, por exemplo, assim como informações sobre seus bens e ganhos;

– Porém, é bom comunicar, pelo menos ao síndico e aos porteiros, sobre a sua ausência, para que estejam cientes de que seu imóvel estará vazio. Também é importante avisá-los caso algum parente ou amigo vá utilizá-lo enquanto o proprietário estiver fora;

– Ao viajar, deixe com alguém de confiança as informações de onde estará, para que possam entrar em contato em caso de emergência;

– Os blecautes são comuns nesta época do ano. Por isso, é importante ter à mão objetos como lanternas, pilhas e velas;

– Antes de abrir a porta para receber alguém ou conferir algum barulho no corredor, não deixe de olhar pelo olho mágico ou interfone;

– Ao estacionar o seu carro na garagem do prédio ou condomínio, não deixe de trancá-lo, e evite deixar pacotes ou objetos visíveis;

– Ainda tratando da garagem, ao chegar ou sair do edifício, observe se há alguém suspeito por perto. Se houver, aguarde um pouco ou dê uma volta com o carro até sentir-se seguro para entrar na garagem;

– Aos moradores dos andares mais baixos, recomenda-se uma maior atenção. Por estarem mais próximos do solo, devem reforçar a segurança nas áreas de acesso, como janelas e varandas;

– Os funcionários devem passar por reciclagem do treinamento periodicamente, através de cursos especializados e reuniões com moradores e administradores, visando a segurança do prédio;

– É de responsabilidade do síndico a manutenção dos equipamentos de segurança, bem como o perfeito funcionamento de portas de entrada e portões de garagem, que, em caso de quebra ou defeitos, devem ser consertados imediatamente;

– O síndico pode – e deve – solicitar à administradora do condomínio os antecedentes dos funcionários a serem contratados, assim como referências e outras informações que possam dar mais segurança ao prédio;

– Todos os moradores devem ser cadastrados. A ficha, que é de uso exclusivo do condomínio, deverá ter informações como nomes completos, placa e modelo dos veículos e contatos de emergência;

– O porteiro só deve abrir o portão após identificar o visitante e ter autorização do morador. Em caso de entregadores, é indicado que o morador se dirija até a portaria para receber sua encomenda;

– Nos horários de limpeza externa e recolhimento do lixo, as entradas do edifício devem permanecer fechadas. É comum que bandidos se aproveitem desses momentos;

Seguindo essas dicas, os riscos de imprevistos diminuem consideravelmente na época de festas – e, claro, nos outros dias do ano também. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *